Imagem capa - Ser mãe, no tempo certo! por Hosana Evarini
Memórias por Hosana Evarini

Ser mãe, no tempo certo!



Eu tinha tudo planejado: quando casaria, quando engravidaria, quando faria muitas coisas, tudo no momento que eu havia pensado..., mas a o tempo é senhor e sabe das coisas.
E ele veio rápido, antes da data prevista para o parto e sem que eu pudesse pensar, planejar o dia, a mala, a roupa que iria para maternidade, até a maternidade em foi outra, as lembrancinhas..., aliás sequer eu estava assimilando tudo o que estava acontecendo quando a GO disse firmemente: ele tem que nascer hoje!
Ele veio no momento certo, exato que tinha que vir.
Me trouxe uma alegria gigante, um amor visceral e um medo congelante.
Ele veio porque precisava me mostrar o quanto não comandamos nada, apenas desejamos, planejamos.
Ele me mostrou um lado que eu não conhecia, me ensinou a ser mais forte.
No dia em que ele nasceu tudo se transformou, para melhor! Descobri a leoa que existia dentro de mim e o quanto eu podia evoluir.
Diariamente aprendo com ele, todos os dias me deparo com meu passado enquanto criança e me lembro como era minha mãe e nossa relação.

Ele me traz inúmeras perguntas, mas também muitas respostas.
Ele é tudo o que eu desejei e mais um tanto! É a minha melhor versão, só que ama matemática, tem o raciocínio lógico e traz nos olhos um brilho puro e singular.
Ele me ensinou que o tempo é sábio e que a paciência é uma virtude!
É o cara que fez meu coração crescer e que me tornou Mãe, ele é o Giovanne!
Para você filhão, com amor, mamãe 💜
 

.

Escrevi este texto para expressar minha gratidão ao meu filho, por ele ter me tornado Mãe!

Foto feita através do celular mesmo, pelo meu marido, no dia seguinte ao parto, nosso primeiro encontro depois do centro cirúrgico e a primeira mamada ainda na UTI Neoatal. 

Não tivemos a oportunidade de ter este registro feito pelo fotógrafo exatamente pelo fato dele estar na UTI; mas é uma imagem que conta muita história e tem um significado muito importante para nós! São nossas memórias afetivas!

A vida real, como ela é!


Hosana Evarini